Hospitais

Acabar com as urgencias sobrelotadas

16 | 01 | 2017   12.33H

A gripe põe em evidência um dos problemas das urgências, mas que não é de todo novo.

Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

É tempo dela. Mas ainda que, todos os anos, os meses mais frios se façam acompanhar pela gripe, a verdade é que os serviços de saúde nunca parecem completamente preparados. Que o digam as horas de espera que os doentes são obrigados a enfrentar nas urgências um pouco por todo o País. Uma afluência que, confirma ao Destak Maria da Luz Brazão, coordenadora do Núcleo de Estudos de Urgência e do Doente Agudo, da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, «complica a observação de outros doentes».

A situação já era esperada. Na Madeira, onde exerce, a busca pelos serviços de urgência na sequência de problemas respiratórios tem sido elevada, apesar de o pico da gripe ainda não ter chegado. Por lá, o conselho é o mesmo que aquele que se dá no Continente: procurar alternativa à urgência.

«Muitos doentes preferem a urgência, acham que é mais rápido. Mas não é», reforça. Por detrás de tudo isto está a sobrelotação, o grande problema dos serviços de urgência, que se torna mais evidente nestes momentos. E daqui resulta, afirma, «uma dificuldade em prestar serviço de qualidade aos doentes». Para o resolver, há que aconselhar a ida a outros serviços.

E não só. «Uma boa triagem é essencial e os doentes com pulseira azul e verde não deviam ser atendidos na urgência», reforça a especialista. Assim como é também importante que se pense noutro tipo de serviços, capazes de libertar camas. Aqui, Maria da Luz Brazão salienta a necessidade de «unidade de diagnóstico rápido, de hospitais de dia, para que os doentes possam fazer os tratamentos em ambulatório e de unidade de tratamento curto, que têm estado a crescer um pouco por todo o mundo» e que conseguem retirar doentes à urgência. «Estes são passos fundamentais para resolver este problema de sobrelotação.»

Foto: 123RF
Acabar com as urgencias sobrelotadas | © 123RF

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE