Literatura

Programa Escritores vai invadir o Palácio de Belém

16 | 01 | 2017   16.35H

Promover a literatura e sublinhar a importância das políticas de promoção da leitura são dois grandes objetivos do Programa Escritores no Palácio de Belém, que começa amanhã.

Destak | destak@destak.pt

Até 23 de maio, todas as terças, o Palácio de Belém abre portas a esta iniciativa da Presidência da República. O programa destina-se a proporcionar o encontro entre escritores de obras recomendadas pelo Plano Nacional de Leitura e alunos dos vários níveis de escolaridade. Todas as terças há uma conversa de uma hora, de um escritor com duas turmas de uma escola. O Presidente da República estará presente sempre que houver oportunidade.

Participam nesta primeira edição trinta escritores e trinta estabelecimentos de ensino do País. Foram mais de 200 as escolas que se inscreveram nesta iniciativa. A iniciativa conta com a colaboração da Associação Portuguesa de Escritores, da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, do Plano Nacional de Leitura, da Rede de Bibliotecas Escolares e da Sociedade Portuguesa de Autores.

Saiba mais sobre:

1 comentário

  • A iniciativa parece interessante, mas foi necessário que as escolas (mais de 200) se inscrevessem nessa iniciativa e só trinta estabelecimentos de ensino é que participam na primeira edição? Haverá uma segunda edição? Oh my God! Seria deveras interessante, talvez menos dispendioso, levar os escritores aos estabelecimentos de ensino.
    Anónimo | 16.01.2017 | 21.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE