Actualidade

Fundação Sindika Dokolo no Porto com abertura prevista para o segundo semestre do ano

18 | 01 | 2017   12.59H

As obras de reabilitação da casa Manoel de Oliveira terminarão em março e a sua abertura ao público, enquanto espaço multiusos da Fundação Sindika Dokolo no Porto, ocorrerá no segundo semestre do ano, foi hoje anunciado.

Vendida há exatamente um ano pela Câmara Municipal do Porto à Fundação Sindika Dokolo em hasta pública, por 1,58 milhões de euros, a casa Manoel de Oliveira - que será a sede da fundação para a Europa - está a ser alvo de obras de recuperação, que "vão terminar em meados de março", disse hoje à Lusa Maria Manuel Guimarães, responsável da fundação no Porto.

"Após concluído o processo da venda do edifício, a fundação definiu em conjunto com o arquiteto Eduardo Souto Moura [autor do projeto] as obras necessárias para recuperar a casa, que esteve sem ser habitada durante 14 anos e já tinha sido vandalizada", disse Maria Manuel Guimarães.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE