Estudo

Consumo de azeite diminui para metade risco de fraturas por osteoporose

19 | 01 | 2017   18.37H

Um estudo da Universidade Rovira e Virgili (URV), em Espanha, demonstrou que o consumo habitual de azeite virgem diminui em 51% o risco de fraturas resultantes da osteoporose, informou hoje a instituição.

O estudo, que faz parte do projeto PREDIMED (Prevenção com Dieta Mediterrânica), estima que incorporar diariamente na dieta entre quatro a cinco colheres de sopa de azeite de oliveira virgem ajuda a proteger a estrutura óssea e a prevenir a osteoporose.

A investigação envolveu 870 pessoas, que foram seguidas durante uma média de nove anos, e os resultados evidenciam, pela primeira vez, o papel benéfico do consumo regular de azeite para a proteção dos ossos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Ahhhh pois e se juntarmos os salmonetes e os copos de água (da torneira) da Inês... então nem queiram saber.
    Anónimo | 20.01.2017 | 20.50Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE