hoje em Lisboa

Sum 41 falaram com o Destak sobre o concerto no Coliseu

20 | 01 | 2017   12.43H

A banda multiplatinada de punk rock leva hoje, às 21h, ao Coliseu dos Recreios, a digressão europeia de apresentação do novo álbum 13 Voices.

Filipa Estrela | festrela@destak.pt

O Destak esteve à conversa com Jason ‘Cone’ McCaslin dos Sum 41 sobre o concerto em nome e o sexto álbum de originais, que conta com o regresso do guitarrista da formação original, Dave Brownsound

A digressão europeia já começou. Como está a correr até agora? Está a correr lindamente. O primeiro espetáculo é sempre o retomar de tudo, mas tem corrido bem. Demos um concerto em Barcelona há umas noites. Foram um dos melhores públicos para quem tocámos há algum tempo. Temos novas canções que ainda não tínhamos feito por isso é divertido e novo para nós.

Lisboa vai ser o vosso quarto concerto. O que podemos esperar? É talvez o espetáculo mais longo que já fizemos, com canções novas e antigas. A produção que fazemos nesta digressão nunca foi feita antes. Há sempre coisas a acontecer, há muitas luzes e boa energia, num espectáculo muito divertido.

Vão tocar muitas músicas do novo álbum? Vamos tocar umas quatro ou cinco canções do novo álbum e o resto são canções antigas de todos os álbuns.

Como descreve este novo trabalho? É um álbum pesado e muito pessoal em termos de letras para o Deryck Whibley, sobre a sua jornada no alcoolismo e em ficar sóbrio e encontrar o seu caminho de novo na vida. É um álbum com muita esperança e em termos musicais é um álbum de rock pesado, com muito punk que soa a Sum 41.

Há diferenças grandes entre este álbum e os anteriores? Este tem muito mais densidade e mais produção. Há muitas camadas. Temos consciência de que não queremos ser aquele tipo de bandas que grava os mesmos álbuns, sempre a soar ao mesmo. Tentamos mudar um bocadinho, para ser fresco até para nós. Neste álbum dá para reconhecer um som diferente de Sum 41. Queremos continuar a melhorar, a mudar e a manter entusiasmante.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Sum 41 falaram com o Destak sobre o concerto no Coliseu | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE