PUBLICIDADE
Actualidade

1.º Fórum do Património quer alternativa estratégica a abordagem "economicista"

23 | 01 | 2017   18.02H

O 1.º Fórum do Património, que vai decorrer em abril, em Lisboa, anunciou hoje que quer criar uma "alternativa estratégica à abordagem demasiado economicista que vigora em relação ao património cultural".

Esta intenção foi hoje manifestada em conferência de imprensa, no Centro Nacional de Cultura (CNC), por Vítor Cóias, do Gecorpa - Grémio do Património, coordenador e um dos cinco organizadores do evento, presentes no anúncio do Fórum.

O responsável indicou que, no final desse Fórum, será produzida uma declaração final com um conjunto de princípios estratégicos para entregar aos decisores políticos, mas colocam a hipótese de fazer outras iniciativas, como pedir audiências aos grupos parlamentares, organizar manifestações e interpor providências cautelares, quando considerarem que estão a ser "cometidos erros graves" no setor.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE