CGD

Domingues não se incluía no grupo que não queria entregar declaração - Centeno

13 | 02 | 2017   19.09H

O ministro das Finanças, Mário Centeno, afirmou hoje que alguns membros da administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) "não se podiam conformar" com a entrega de declarações de rendimentos, mas que António Domingues "não se incluía nesse grupo".

Em conferência de imprensa convocada para esta tarde para explicar a intervenção do Governo em todo o processo da CGD, Mário Centeno disse que foi a 15 de novembro que António Domingues informou que "alguns membros não se poderiam conformar com essa entrega da declaração de rendimentos e outros sim".

"Sendo isso um problema posto pela primeira vez por escrito nesse momento, o doutor António Domingues refere que apenas alguns elementos não o poderiam fazer (...). Na carta que refiro o doutor António Domingues não se incluía nesses alguns que teriam problemas em entregar a referida declaração", garantiu o ministro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • O dotory domingues é mais que os outros? Aqui temos um exemplo desta mafia xuxa que nâo respeita o povo nem as leis, que dizem os retrogrados comunas? E os bloquistas da trampa? Engolem mais um sapo!!!!
    politiqueiro | 14.02.2017 | 08.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não percam tempo com essa gente
    José Corvo | 13.02.2017 | 22.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE