Bairro da Torre

«Estamos a sofrer, a passar frio»

14 | 02 | 2017   11.12H

Já lá vão quatro meses desde o dia em que a EDP entrou no Bairro da Torre, em Camarate, para acabar com as ligações feitas com puxadas ilegais. O corte deixou sem luz mais de duzentas pessoas, incluindo 77 crianças. «Desde esse dia que estamos a sofrer, a passar frio... e depois de quatro meses assim precisamos saber em que pé estão as coisas. Não há projeto para nada», desabafa ao Destak a presidente da Associação Torre Amiga.

Patrícia Susano Ferreira | pferreira@destak.pt

A situação arrasta-se desde 2011, ano em que foram realojadas algumas famílias do bairro no âmbito do Plano Especial de Realojamento. Mas no local permaneceram 68 famílias que deixaram de pagar a luz.

Quatro anos volvidos, a EDP cortou definitivamente o abastecimento «sem aviso prévio» porque «punha em risco a vida humana». Ricardina Cuthbert até entende os motivos, mas lembra que agora os moradores usam velas e fazem fogueiras para se aquecerem. «Não sei qual o risco maior...»

Segundo a responsável pela associação de oradores, uma fonte referiu que «foi a ANA Aeroportos que mandou cortar a luz». No entanto, a proprietária dos terrenos contíguos lembra ao Destak que não tem qualquer competência sobre o bairro, sendo que este está localizado «fora da vedação periférica do aeroporto». A questão «deverá ser endereçada à autarquia de Loures ou ao Estado».

«A luz mais cara do País»

Antes do Natal, a autarquia de Loures instalou dois geradores para atenuar o impacto da falta de luz no Bairro da Torre, mas o preço demasiado elevado fez com que os moradores cedo os deixassem de usar. «Tínhamos a luz mais cara do País», desabafa Ricardina Cuthbert, que lamenta a falta de alternativas da câmara.

Ao Destak, a autarquia garante estar a «diligenciar sobre a construção de soluções definitivas para o problema de habitação, junto do Instituto da Segurança Social e do Instituto da Habitação», e lembra que tem mantido o abastecimento de água no bairro, «apesar da dívida existente por parte da Associação Torre Amiga».

Saiba mais sobre:
Foto: Sérgio Lemos
«Estamos a sofrer, a passar frio» | © Sérgio Lemos
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE