Apresentação

Honda Civic a 'mil' ganha garras na 10ª geração que já conduzimos

16 | 02 | 2017   16.11H

Maior e mais baixo, a 10ª geração do Honda Civic chega a Portugal no final de março mas já o conhecemos na apresentação internacional em Barcelona. A dinâmica, agilidade e o espaço são surpreendentes, assim como o motor 1.0 tricilíndrico (o diesel só chega no final do ano).

João Tomé | jtome@destak.pt

A Honda, como marca japonesa que é, tem-se mantido fiel às suas tradições, daí que o Civic já leve 44 anos de ‘vida’ e nove gerações.

No final de março chega a Portugal a 10ª geração, que aposta não só no design mais desportivo de sempre para o modelo que já vendeu 23 milhões de unidades em todo o mundo, como numa dinâmica e agilidade mais apuradas.

Mesmo não se tratando ainda da versão desportiva Type R, o novo Civic de cinco portas tem entradas de ar de respeito e linhas agressivas que a anterior geração. A ajudar à dinâmica está o facto do Civic estar mais largo e mais baixo (a aerodinâmica também melhorou consideravalmente). Também cresceu ligeiramente em comprimento, o que ajuda a que o espaço no interior seja mais abundante e na bagageira – agora com 478 litros.

O novo modelo juntou as equipas da Honda de todo o mundo – que até agora trabalhavam em versões diferentes do Civic – e mais de um terço do investimento em desenvolvimento da Honda para aquele que a marca diz ser «o melhor Civic de sempre».

O resultado? Uma dinâmica impressionante. Com uma direção mais direta e entusiasmante, uma suspensão mais trabalhada e uma nova plataforma que aposta na rigidez, o Civic é uma delícia a curvar, mantendo-se estável e dando pleno controlo ao condutor.

Ajuda ter um centro de gravidade mais baixo e ter perdido peso. Outra boa surpresa foi o novo motor de três cilindros 1.0 VTEC Turbo (desde €23.300), com 129 cv e uma ‘genica’ impressionante mesmo a baixas rotações e uma caixa de seis velocidades eficiente a acompanhar.

Já o motor 1.5 VTEC (€31.710) de 182 cv também é interessante (perde algum binário com caixa automática). Não faltam também sistemas de segurança modernos, incluindo cruise control adaptativo a este ‘ramalhete’. O Civic está mais rebelde do que nunca.

Foto: DR
Honda Civic a 'mil' ganha garras na 10ª geração que já conduzimos | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE