Mobilidade

Lisboetas vão poder andar de transportes sem bilhete

23 | 02 | 2017   11.24H

O futuro da mobilidade dos transportes na capital promete ser menos complicado e até mais barato para os lisboetas, mas também para os turistas. Já imaginou não ter de comprar bilhete, ou pagar as viagens só no final do mês? E se o valor das deslocações se fosse adaptando ao longo do dia, consoante a utilização que faça da Carris, Metropolitano e Transtejo?

Patrícia Susano Ferreira | pferreira@destak.pt

Até ao final do ano, uma aplicação da Via Verde com software desenvolvido pela Novabase irá permitir viajar na capital com menos constrangimentos. «Pretendemos dar às pessoas aquilo que já demos aos automobilistas [com a Via Verde], a universalidade de aceder da mesma forma a qualquer operador. As pessoas não vão precisar de conhecer a rede de transportes, a app fará isso por elas», explicou ontem ao Destak, na apresentação do projeto, Pedro Mourisca da Via Verde, que acrescenta que o investimento inicial supera o milhão de euros.

O telemóvel passa assim a ser «um bilhete universal»: “comunica”, por bluetooth, com o terminal da gate do Metro e da Transtejo, mas também com os beacon (recetores) instalados nos autocarros da Carris.

Após registado, criando ou utilizando conta Via Verde, ao utente para viajar basta fazer check in no local de partida, aproximando o smartphone e, chegado ao destino, check out. A app calcula o custo mais vantajoso, de acordo como percurso.

Aplicação pioneira no mundo

Apesar de já existirem em outros países apps que simulam deslocações, esta «é a primeira no mundo que permite comprar efetivamente a viagem», refere a designer da empresa de software Salomé Afonso.

O próprio presidente da CML experimentou ontem o sistema e lembrou que antigamente era «uma aventura viajar dentro de Lisboa nos transportes» porque era preciso conhecer a rede. O próximo passo será integrar os restantes operadores de transportes da área metropolitana de Lisboa nesta solução, com o objetivo de inverter «as perdas de milhões de utentes».

Operacional até ao fim do ano

A app já se encontra em período de testes na Transtejo, com um grupo de 50 pessoas, e deve estar em funcionamento pleno «no último trimestre do ano», confirmou ao Destak a Novabase.

Saiba mais sobre:
Foto: Patrícia Susano Ferreira/Destak
Lisboetas vão poder andar de transportes sem bilhete | © Patrícia Susano Ferreira/Destak

1 comentário

  • Mas como é possível isto acontecer? Ganda cidade de Lisboa. E, eu a pensar que estava no terceiro-Mundo. Então é bom viver em Lisboa. Eu vou passar a viver em Lisboa. Eu quero viver em Lisboa. Quando Odivelas é a Terra das Oportunidades...a capital Lisboa é a Terra dos Oportunistas políticos. Isto é um País de políticos oportunistas, vigaristas, aldrabões, parasitas e de FdP.
    Alfredo António | 02.03.2017 | 20.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE