Síria

Estados Unidos negam ter visado mesquita em bombardeamento contra Al-Qaida

17 | 03 | 2017   04.43H

As forças armadas norte-americanas reconheceram hoje terem efetuado um ataque no norte da Síria, contra a rede terrorista Al-Qaida, mas negaram ter visado deliberadamente uma mesquita, onde morreram pelo menos 42 pessoas.

O balanço do ataque foi dado pela organização não-governamental (ONG) Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Não foi visada uma mesquita, mas o edifício que alvejámos, onde se realizava uma concentração (da Al-Qaida), encontra-se a cerca de 15 metros de uma mesquita, que continua de pé", afirmou na quinta-feira à noite o coronel John J. Thomas, porta-voz do Centcom, comando das forças armadas norte-americanas no Médio Oriente.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE