Actualidade

Tiffosi condenada por copiar peças de roupa

29 | 03 | 2017   15.34H

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou a empresa Cofemel, detentora da marca Tiffosi, por copiar o modelo de algumas peças de roupa de uma marca holandesa detida em copropriedade pelo cantor Pharrell Williams.

A marca G-Star Raw acusa a empresa têxtil, do grupo VNC, de violação de direitos de autor, por ter produzido um par de calças, uma sweatshirt e uma t-shirt iguais aos seus modelos.

O acórdão, a que a agência Lusa teve hoje acesso, conclui que os modelos e desenhos gráficos em causa são "obras intelectuais e artísticas", não podendo ser objeto da "ostensiva cópia - tipo decalque - a que a ré procedeu".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE