Venezuela

Militares bloqueiam estrada de acesso a Caracas

06 | 04 | 2017   21.51H

Oficiais da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) da Venezuela cortaram hoje a estrada Panamericana (sul), em direção à capital, impedindo que vários lusodescendentes chegassem à cidade de Caracas, onde muitos se deslocavam para trabalhar.

"Estou em casa, descansando de maneira forçada, porque os militares bloquearam a passagem, sem lhes importar o que as pessoas iriam fazer. No meu caso, vou perder um dia de trabalho e estou revoltado por isso, porque o dinheiro não chega para nada e ficar em casa é um luxo que não se justifica", disse um lusodescendente à agência Lusa.

Raul da Silva explicou que vive no Estado de Miranda, onde as localidades de Los Teques e Santo António são consideradas “cidades dormitório” para portugueses e lusodescendentes que trabalham e que estudam em Caracas.

Por outro lado, Marcos Garcia explicou telefonicamente à Lusa que, "perante este novo abuso das autoridades, que tentam impedir que os opositores marchem em Caracas", tentou usar a "estrada velha" para ir para o trabalho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • AJUDA FINANCIERO entre particular servico.antonio.araujo@outlook.fr salvação caro portugueses Sou um particular, diretor de empresa e acionista de banco, promotor e diretor de sociedade e do qual tinha necessidade de fazer de empréstimos de dinheiro entre particulares para fazer face às dificuldades financeiras para por último sair da impasse que provocam os bancos, pela rejeição dos vossos processos. A minha taxa de interesse razoáveis é de 2% à 3% com uma duração de 1 à 20ans e respeitando as normas em matéria de uso tem ER os domínios nos quais posso ajudá-los: * Financiar * Empréstimos imobiliários * Empréstimos ao investimento * Empréstimo automóvel * Dívida de consolidação * Margem de crédito * Segundas hipotequas * Resgate de crédito * Empréstimos pessoais e os bancos recusam atribuir-vos o crédito contactam-me para satisfação total: servico.antonio.araujo@outlook.fr
    Antonio | 10.05.2017 | 12.59Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE