Actualidade

Ministério Público acusa quatro arguidos por derrame de combustível no mar em Sines

19 | 05 | 2017   15.00H

O Ministério Público deduziu acusação contra o armador, o comandante, o chefe de máquinas e o imediato do navio "MSC Patrícia" pelo derrame de combustível no mar, em outubro de 2016, junto ao porto de Sines.

A acusação foi divulgada hoje pelo Ministério Público (MP) num comunicado publicado na página da Internet da Procuradoria da Comarca de Setúbal.

Segundo o MP, os quatro arguidos, uma pessoa coletiva e três singulares, estão acusados da prática dos crimes de poluição com perigo comum e de falsificação de documento e da contraordenação de poluição do meio marinho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE