Educação

Plataforma dá uma ajuda com o estudo

29 | 05 | 2017   23.09H

No que toca a formar as novas gerações, toda a ajuda é pouca. Daí que a Associação Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, a Associação de Professores de Matemática e a Fundação Vodafone se tenham juntado para criar o CiberEstudo, um complemento ao sistema de ensino oficial.

Esta nova plataforma promove o desenvolvimento da aprendizagem de conteúdos e desempenhos das disciplinas de Língua Portuguesa e de Matemática, com conteúdos alinhados com o programa aprovado pelo Ministério da Educação.

Numa fase inicial, destina-se a estudantes dos 4º, 6º e 9º anos, respetivamente o fecho dos 1º, 2º e 3º ciclos de aprendizagem.

Com um custo anual de 9 euros, este projeto dispõe de uma área de estudo, com mais de 2600 exercícios com dicas e explicações sobre os resultados obtidos.

Na parte da avaliação, tem 72 exames e testes com correção automática e humana. É ainda disponibilizada uma área de jogo com vista à consolidação de conhecimentos de uma forma divertida.

Além de permitir a organização formal de metas curriculares, esta ferramenta tem várias atividades lançadas ao aluno, dando-lhe a possibilidade de ver as suas respostas classificadas por professores-corretores.

Outra característica é a interação com os encarregados de educação, através de relatórios sobre o desempenho dos seus educandos.

No passado sábado, 300 crianças e jovens tiveram a hipótese de conhecer o CiberEstudo. Ídolos de muitos adolescentes portugueses, os youtubers Tiagovski, Ohwana e MathGurl estiveram presentes no evento, que contou com a apresentação de João Paulo Sousa.

João Moniz | jmoniz@destak.pt
Foto: DR
Plataforma dá uma ajuda com o estudo | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE