23ª edição

Festival SRSR revela novidades musicais, artísticas e logísticas

30 | 05 | 2017   16.15H
A 13, 14 e 15 de julho, naquela que será a sua terceira invasão no Parque das Nações, o Festival Super Bock Super Rock (SBSR) deixará uma marca para o futuro e não falo apenas das memórias sonoras que as dezenas de milhares de festivaleiros que por lá afluem em cada ano levarão para casa.
Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt
Em 2016, a organização deixou de legado à Junta de Freguesia daquela zona oriental da capital o denominado Parque da Música. Este ano, finda esta «histórica» 23ª edição, a população poderá deliciar-se com um piano de chão vindo da Alemanha, contou Luís Montez, da Música no Coração, na conferência de apresentação solene do evento. Dá-se a feliz coincidência do patrocinador-mor do festival celebrar 90 anos de atividade, pelo que a aposta para tornar inesquecíveis estes três dias de festa é enorme, a começar pela qualidade e diversidade musical do cartaz, com vários momentos de nostalgia em homenagem a vultos falecidos combinados com várias estreias ao vivo de trabalhos discográficos que só mais tarde chegarão aos escaparates. É o caso do Legendary Tigerman, em estreia mundial no Palco EDP, umas das novidades reveladas no momento que faltam 45 dias para a ação. No mesmo palco destaque também para Jessie Reyez. Beatbombers, Monki, Marquis Hawkes, Xinobi + Moullinex, Celeste/Mariposa, Rocky Marsiano & Meu Kmba Sounda, e Magazino garantem a animação fora de horas, no Palco Carlsberg, na Sala Tejo. Nas imediações, haverá uma zona aprimorada de restauração e chill out, com o rio Tejo mesmo aos nossos pés. De novo a Arte Urbana vai estar em alta, através de várias ações criativas e interativas, numa parceria com Bordalo II, FARH 021.3 e Underdogs. Os copos de plástico voltarão a ser personalizados, colecionáveis e recicláveis, de modo a evitar lixo e desperdício, replicando a experiência bem sucedida do ano anterior. A acessibilidade, tradicionalmente alargada com preços especiais e extensão do horário de funcionamento do Metro de Lisboa e da Carris, terá como novidade um serviço especial da Über. E para os que não conseguirem marcar presença no evento, cujo primeiro dia esgotou de imediato devido à convocatória dos Red Hot Chilli Peppers, a Rádio SBSR.FM não só terá uma curadoria no palco LG dedicado à música portuguesa como vai estar presente no evento com um estúdio móvel próprio, para emissão em direto, transmissão de concertos e de entrevistas.
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE