Actualidade

Assunção Cristas expressa condolências pela morte de militar que "servia e defendia a paz"

19 | 06 | 2017   13.37H

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, expressou hoje condolências pela morte de um militar português ao serviço da missão da União Europeia no Mali no domingo, sublinhando que morreu "enquanto servia e defendia a paz".

"A morte de um militar num ataque terrorista em Bamako deixa-nos consternados e enluta o nosso país: morreu um português enquanto servia e defendia a paz", declarou Assunção Cristas numa mensagem enviada à agência Lusa em que expressa "sentidas condolências" à família e amigos do militar, às Forças Armadas e aos militares daquela missão.

Referindo-se ao terrorismo, a líder centrista sublinhou que "foi contra estas ameaças cobardes que Portugal integrou esta missão e que os militares portugueses se dispuseram a lutar, treinando e preparando as forças malianas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE