Actualidade

Custódia "extraordinária" de Santo Inácio de Bogotá brilha no Museu de Arte Antiga

19 | 06 | 2017   17.56H

A Custódia da Igreja de Santo Inácio de Bogotá, na Colômbia, uma "peça extraordinária" do século XVIII, com quase 1.500 esmeraldas, que levou sete anos a fazer, estará exposta ao público a partir de quarta-feira, em Lisboa.

A peça - de valor incalculável - considerada um tesouro mundial da arte barroca, estará no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), num "momento irrepetível", como sublinhou o diretor da entidade, António Filipe Pimentel, em declarações à agência Lusa.

As tragédias com vítimas mortais dos incêndios em Portugal e dos atentados na Colômbia impediram a sua inauguração pelos presidentes dos dois países, um momento que o diretor espera que venha ainda a ser concretizado até ao início de setembro, durante a permanência de "La Lechuga" em Lisboa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE