Actualidade

Solução para fim do plástico no mar pode estar num fungo que vive no mar

26 | 06 | 2017   19.03H

Cientistas portugueses detetaram que um fungo que vive nos oceanos destrói plástico, uma descoberta que pode ser promissora para o combate da poluição do mar causada por sacos de plástico, divulgou hoje a Universidade de Aveiro.

O fungo tem o nome científico de "Zalerion maritimum", habita nas costas portuguesa (não se sabe exatamente onde) e espanhola e ao largo da Austrália e da Malásia, sendo também responsável pela degradação da madeira.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro simulou, em laboratório, o mar poluído com plástico, o mesmo que é usado nos sacos de compras, e verificou que, nesse ambiente, a população de fungos aumentava à medida que a quantidade de plástico diminuía.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE