Destak Verão

Conselhos para evitar dar um trambolhão

06 | 07 | 2017   22.51H
Aquela que é uma das escadas rolantes mais movimentadas do país nesta época promove uma ação de sensibilização divertida para uma temática muito séria.
João Moniz | jmoniz@destak.pt

Sentar-se nos degraus ou colocar os pés nos rodapés; usar roupa larga ou ter os atacadores soltos; debruçar-se no corrimão ou transportar carrinhos.

Estas são algumas das violações das regras de segurança que são cometidas diariamente nas escadas rolantes e que podem ter consequências graves e permanentes para as pessoas acidentadas.

Apesar de não existirem dados oficiais sobre o número de sinistros, eles acontecem com regularidade.

«Quase todos nós já testemunhámos ou fomos vítimas de um incidente numa escada, mesmo que ligeiro. Nunca é demais alertar para as regras, principalmente em alturas mais propícias para um natural relaxamento», defende ao Destak Carlos Pinto, CEO da thyssenkrupp.

Daí que a empresa tenha decidido realizar uma ação de sensibilização, durante este fim de semana, na Praça Central da Praia dos Pescadores.

Em colaboração com a Câmara de Albufeira, e de forma divertida, pretende-se ensinar e promover as boas práticas.

Este sábado e domingo, das 10h30 às 18h, o Jogo Sobe e Desce destina-se maioritariamente às crianças entre os 6 e os 12 anos, mas toda a família pode participar.

E o que levou à escolha da Praia dos Pescadores para esta iniciativa? Durante o verão, estima-se que a população de Albufeira aumente, no limite, dez vezes, totalizando 400 mil habitantes.

O que faz das escalas rolantes da Praça Central umas das mais utilizadas pelas famílias portuguesas (e não só) durante esta altura do ano.

Além de que o calor potencia o risco, com o uso de roupas mais largas ou materiais mais perigosos (como as solas de borracha).

«As pessoas tendem a achar que, em caso de acidente, as escadas param sozinhas, mas isto não é verdade e é necessário ter cuidado», alerta Carlos Pinto.

Foto: CM
Conselhos para evitar dar um trambolhão | © CM

2 comentários

  • HÁ MUITOS ANOS EM LISBOA UMA RAPARIGA CAIU NUMA ESCADA ROLANTE E OS SEUS CABELOS COMPRIDOS FORAM ENTALADOS E PUXADOS NO PENTE DO DEGRAU DO FIM DA ESCADA E O COURO CABELUDO FOI TOTALMENTE ARRANCADO, TENDO MORRIDO PASSADOS UNS DIAS!
    GABRIELCORREIA | 11.07.2017 | 05.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • beber menos e nao fumar umas ganzas
    ines | 07.07.2017 | 21.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE