Actualidade

Funcionários do Tribunal Supremo de Angola suspendem segunda fase da greve

17 | 07 | 2017   12.21H

Os funcionários do Tribunal Supremo de Angola decidiram suspender a segunda fase da greve prevista de 17 a 21 de julho, no âmbito das negociações que decorrem com a entidade patronal, informaram hoje os grevistas.

A informação consta de uma nota enviada hoje à agência Lusa, em que os delegados de greve assinalam que as negociações com a comissão criada pelo Tribunal Supremo devem decorrer no período de "um mês" findo o qual "a greve já declarada e suspensa pode voltar ou não".

"Depois de passar aquele período de greve, não retomamos hoje como estava programado, porque estamos em período de negociação, que teve início há uma semana. Demos um período de vigência de um mês durante o qual iremos trocar propostas até chegarmos a um meio-termo", lê-se no documento.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE