Tancos/Armas

Chefe do Exército volta a nomear os cinco comandantes exonerados

17 | 07 | 2017   18.04H

O chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), Rovisco Duarte, voltou a nomear para os mesmos cargos os cinco comandantes que tinha exonerado para não perturbar as averiguações internas sobre o furto de material de guerra em Tancos.

"O Exército informa que os oficiais em causa foram nomeados pelo Chefe do Estado-Maior do Exército para os mesmos cargos, com efeitos a partir de 18 de julho de 2017", é referido num comunicado do Exército.

Esta decisão foi tomada "considerando que com a conclusão destas averiguações se encontram ultrapassadas as razões que justificaram a exoneração dos comandantes".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

3 comentários

  • Ah g'and'a chef! Voltou a nomear para os mesmos cargos os cinco comandantes que tinha exonerado? E eles aceitaram? Pelo mesmo vencimento... ou acresce mais algum... por eventuais justificados danos morais? E, o burro, sou eu?
    Anónimo | 20.07.2017 | 22.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tantos! São mais que pardais. Só neste País. Mas o Povo que aguente.
    Alvaro | 17.07.2017 | 20.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tal é a incompetência que voltam para OS mesmos lugares é o país em que vivemos temos o que merecemos é uma vergonha
    O ze povinho | 17.07.2017 | 18.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE