Metro de Lisboa

Abaixo-assinado por mais condições

19 | 07 | 2017   23.43H
Utentes juntam-se a sindicatos para exigir requalificação de estações e carruagens. Loures reúne mais de 25 mil assinaturas a exigir a expansão da rede até ao concelho.
João Moniz com Lusa | jmoniz@destak.pt

Em conjunto com a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações e a União de Sindicatos de Lisboa, a Comissão de Utentes de Transportes de Lisboa vai lançar um abaixo-assinado a reivindicar melhores condições de funcionamento para o Metropolitano de Lisboa.

O documento vai ficar disponível esta semana e será feito um balanço da adesão em setembro. A contratação de mais trabalhadores, a reparação e a manutenção das linhas e do material circulante e obras necessárias em estações (como o arranjo de escadas rolantes avariadas) são algumas das exigências, que serão apresentadas ao Governo, ao Parlamento e à Câmara e Assembleia Municipal de Lisboa.

As reivindicações não se ficam por aqui. A Câmara Municipal de Loures entrega hoje no Parlamento uma petição, com mais de 25 mil assinaturas, para reivindicar a expansão do metro às cidades de Loures e Sacavém.

Santo António dos Cavaleiros, Loures, Infantado, Portela e Sacavém são as estações pedidas, numa medida que ajudaria a descongestionar o tráfego automóvel que entra todos os dias na capital.

Apesar de o autarca de Loures estar confiante na viabilidade do projeto, é pouco crível que o mesmo avance. Ainda ontem, apesar de um programa de investimentos proposto pelo BE na rede ferroviária de proximidade ter sido parcialmente aprovado, a parte relativa aos metros de Lisboa e Porto foi chumbada.

Em causa estaria a construção da extensão até à zona ocidental (na capital) e até à Trofa, Stº Ovídio-Vila d’Este e Gondomar/Valbom (na Invicta).

Já o PSD quer saber se o Governo vai reprogramar o Portugal 2020 para deslocar fundos comunitários que financiem os projetos de expansão das redes dos dois metropolitanos.

Foto: Pedro Elias/JN
Abaixo-assinado por mais condições | © Pedro Elias/JN

2 comentários

  • Fazer comentários para que? Só para perder tempo, é o que estou a fazer neste momento. Quantas cartas já enviei para esse jornal (e, que nunca foram publicadas, sim, porque o editor que escolhe as cartas para serem publicadas, é o "dono da bola", é o "dono do campo" e só joga quem ele quer) a denunciar que o Metropolitano de Lisboa, só funciona em condições, ditas normais, quando há passagens de Ano; Festas da Cidade e jogos de futebol, porque de resto e em especial no que que toca à LINHA AZUL, durante os dias de semanas é raro o dia que não está com perturbações e os atrasos sucedem...e, em especial para quem trabalha, que são prejudicados e já pagaram. E a minha vontade, já que o jovenzinho vencedor do Festival da Canção, volta não volta, afirma e muito bem, que lhe apetece "peidar"...desculpem-me lá, mas eu neste momento apetece-me "peidar" , para o DESTAK. Isto, porque me calaram "o bico" e nunca mais me deram espaço, como tal o meu maior "peido" para o editor deste pasquim.
    MÁRIO DA SILVA JESUS | 27.07.2017 | 01.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • MAIS CONDIÇÕES ANDAR DE BORLA COMO SE VÊ E NINGUEM FAZ NADA HAJA ALEGRIA E QUEM PAGUE
    Ze povinho | 22.07.2017 | 15.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE