Actualidade

Sete escolas de Santiago do Cacém fechadas por falta de auxiliares

14 | 09 | 2017   16.05H

Cerca de 120 alunos do primeiro ciclo do ensino básico de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, não começaram, até hoje, o novo ano letivo por falta de auxiliares em sete escolas rurais.

"Todos os anos isto é uma luta", desabafou hoje, em declarações à agência Lusa, o diretor do Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém, Manuel Mourão, depois de indicar que "as escolas rurais não estão a funcionar" por falta de auxiliares de educação.

Adiado para data incerta, segundo o mesmo responsável, está o início das aulas nas escolas do primeiro ciclo do ensino básico das localidades de Arealão, Abela, São Bartolomeu da Serra, Cruz de João Mendes, Santa Cruz, Relvas Verdes e Aldeia dos Chãos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE