Actualidade

Trabalhadores do Banco de Brasil querem melhorar condições de saída

14 | 09 | 2017   16.20H

Os trabalhadores que o Banco de Brasil quer despedir em Portugal ainda estão a tentar a chegar a acordo com a entidade sobre as condições de saída, mais favoráveis do que num processo de despedimento, segundo sindicatos do setor.

O presidente do Sindicato Nacional dos Quadros Técnicos Bancários (SNQTB), Paulo Marcos, considerou à Lusa que este processo de despedimento é "desproporcionado" e que deveria ser revertido, mas admitiu que tal não aconteça, pelo que defendeu que o banco deve abrir "um processo [de rescisões por mútuo acordo] e com cuidado pelos casos sociais", de forma a proteger casais ali empregados ou pessoas com doenças graves.

Na próxima segunda-feira, disse, haverá uma reunião para tentativa de conciliação entre empresa e trabalhadores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE