Autárquicas

"Que PSD é este que perdeu o sentido de Estado?", pergunta António Costa

25 | 09 | 2017   22.57H

O secretário-geral do PS teceu esta noite duras críticas ao PSD, questionando que partido é este que "perdeu o sentido de Estado" e afirmando que este "não é o PSD que os portugueses e as portuguesas conheceram".

"Todos nos habituámos a respeitar o PSD como um partido fundador da vida democrática", declarou António Costa, num jantar-comício em Loures, sublinhando que, atualmente, os sociais-democratas, perdidos "no discurso do diabo", não "resistiram à tentação de ensaiar uma nova estratégia e fazer de Loures um balão de ensaio" para uma tática "populista que aposte no medo e insegurança para atrair votos".

E perguntou: "Como é que o PSD da democracia portuguesa apoia um candidato que defende a prisão perpétua? Que diz que não se choca com a pena de morte? E que não hesita em explorar os preconceitos sociais na tentativa de ganhar votos à custa da descriminação?".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE