PUBLICIDADE
Actualidade

Olhares do Mediterrâneo, o festival de cinema no feminino, começa na quinta-feira

27 | 09 | 2017   16.55H

O festival Olhares do Mediterrâneo, que começa na quinta-feira, em Lisboa, dedicado ao cinema no feminino, volta a chamar a atenção para o tema das migrações e conta, pela primeira vez, com filmes de escola.

A quarta edição abrirá no cinema São Jorge com "The nurse", da realizadora turca Dilek Çolak, uma história sobre Leyla, uma enfermeira obcecada com o peso, e Kerem, um revolucionário em greve de fome. Até 01 de outubro, o Olhares do Mediterrâno contará com 52 filmes, debates e duas exposições.

Pela primeira vez, o festival abre-se a filmes de escola, "com o objectivo de divulgar o olhar da nova vaga do cinema feminino do Mediterrâneo" - diz a direção - e que inclui quatro produções portuguesas: "O cabo do mundo", de Kate Saragaço-Gomes, "Monday", de Laura Carreira, "Lugar em parte nenhuma", de Bárbara de Oliveira e João Rodrigues, e "A pedra", de Ana Lúcia Carvalho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE