Catalunha

Partido independentista quer que Barcelona declare o rei "persona non grata"

16 | 10 | 2017   11.57H

O partido Candidatura de Unidade Popular (CUP-Capgirem) quer que a Câmara Municipal de Barcelona declare o rei Felipe VI, entre outros membros da Casa Real, "persona non grata" na cidade e que lhe retire as medalhas e honras concedidas.

A CUP, partido catalão de esquerda e independentista, que no início do ano apresentou uma proposta neste mesmo sentido mas que não avançou, anunciou hoje que irá propô-la novamente na comissão municipal nesta semana, com a confiança de que agora será aprovada porque "as circunstâncias mudaram".

A vereadora Maria Rovira (CUP) indicou que entre os motivos para declarar "persona non grata" ao rei estão "as atitudes e as declarações públicas feitas pela Casa Real em relação à situação do povo catalão" desde o referendo de 01 de outubro, que decidiu pela independência da Catalunha, mas considerado ilegal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE