Catalunha

PM espanhol fez último apelo à "sensatez" do presidente do governo regional

18 | 10 | 2017   13.27H

O chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, fez hoje um último apelo à "sensatez" do presidente do governo regional catalão, Carles Puigdemont, para que clarifique, antes das 10:00 de quinta-feira, que não declarou a independência da Catalunha.

Para o executivo em Madrid esta será a única forma de Puigdemont evitar a aplicação do artigo 155 da Constituição, que confere poderes especiais ao Governo central - incluindo a possibilidade de suspender a autonomia da Catalunha - para fazer regressar o parlamento e o governo regionais à legalidade.

Enquanto espera pela resposta - dentro do segundo prazo contido num ultimato enviado na semana passada a Puigdemont - o Governo espanhol está a ultimar as medidas e os prazos para as pôr em marcha, em coordenação com os partidos da oposição PSOE e Ciudadanos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE