Actualidade

Conselho das Ordens pede à AR que trave novas estruturas

19 | 10 | 2017   17.00H

O Conselho das Ordens Profissionais pediu hoje à Assembleia da República para suspender o processo de criação das ordens dos Fisioterapeutas e dos Técnicos de Saúde, manifestando dúvidas quanto à legalidade e à transparência do processo.

Segundo o presidente do Conselho Nacional das Ordens Profissionais (CNOP), Orlando Monteiro da Silva, a estrutura que representa as 16 ordens existentes em Portugal teve hoje uma reunião extraordinária para discutir os projetos de lei que propõem a criação da Ordem dos Técnicos da Saúde e da Ordem dos Fisioterapeutas.

Em declarações à agência Lusa, Orlando Monteiro da Silva disse que as ordens, que representam cerca de 320 mil profissionais, foram unânimes nas dúvidas levantadas em torno deste processo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE