PUBLICIDADE
urbanismo

Movimento de cidadania apelam ao chumbo do novo Museu dos Coches

08 | 06 | 2009   08.55H

O Fórum Cidadania Lisboa, em comunicado ao Destak, lança um apelo para que a Câmara chumbe este projecto, considerando que ele sofre de «três problemas graves»: «quebra o equilíbrio urbanístico» daquela zona, «viola a ZPE [Zona de Protecção Especial] do Palácio de Belém» e «é totalmente inadequado para albergar uma colecção de coches».

O movimento de cidadãos, autor de diversas campanhas de sensibilização dos lisboetas, considera que as razões apresentadas para a construção deste novo museu «são altamente duvidosas e foram, oportunamente, objecto de pareceres negativos de quem de direito (LNEC, IPM, MNC, etc.)».

Criticam ainda «a forma como foi escolhido o arquitecto brasileiro para o projecto (...) sem concurso e, aparentemente, como contrapartida por um arquitecto português ter feito obra no Brasil» e o facto da cedência do novo espaço implicar «o despejo do Museu Nacional de Arqueologia». O Fórum Cidadania Lisboa conclui que «este projecto é um desperdício de dinheiros públicos» e é «ineficaz».

Museu «desnecessário»

A mesma opinião tem a Plataforma pelo Património Cultural (PPCult), uma organização interassociativa que reúne várias associa-ções portuguesas ligadas ao património cultural, que defendeu que a Câmara «não pode aprovar o novo Museu dos Coches», um projecto que o próprio António Costa já classificou de «desnecessário», relembra a PPCult.

-----------------------------------------------------------

Projecto âncora

O novo Museu dos Coches, da autoria do arquitecto Paulo Mendes da Rocha, deve ocupar os terrenos das antigas Oficinas Gerais do Exército, em Belém, onde actualmente funcionam os Serviços de Arqueologia que serão transferidos, na sua maioria, para a Cordoaria Nacional. Tem sido apresentado como um projecto-âncora da requalificação da Frente Tejo de Lisboa.

Inês Santinhos Gonçalves | igoncalves@destak.pt

2 comentários

  • JFK estás aqui refugiado?? aparece amigo!
    onde pára o jfk | 08.06.2009 | 15.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quanto às criticas do Fórum Cidadania e Lisboa tenho a dizer o seguinte:
    1- «quebra o equilíbrio urbanístico»
    Argumento patético quando o que lá está(va) era um autêntico pardieiro com um muro de5 metros à volta.
    2- «viola a ZPE [Zona de Protecção Especial] do Palácio de Belém»
    Se a ZPE considera pertinente ter na frente do Palácio um pardieiro escondido da cidade por um muro de 5 metros de altura, altere-se a ZPE! Em frente está um edificio lindissimo do Instituto de Geodesia, completamente decadente! Carros em cima do passeio, é o que se queira! ZPE, os tomates!
    3- «é totalmente inadequado para albergar uma colecção de coches»
    Não pode ser pior que o actual edificio!
    Eu também não concordo que se gastem dezenas de milhões para um Museu dos Coches novo quando TODOS os Museus e Jardins de Belém estão em profunda decadência. Há muito sitio onde gastar o dinheiro, em prol da cultura sem ser em betão mas aquilo que existe no sitio onde se propõe o novo Museu também não está com nada!
    JFK | 08.06.2009 | 12.49Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE