Economia

Bom crédito à habitação poupa anos de trabalho

15 | 11 | 2017   22.51H
Depois de ter lançado um simulador gratuito de crédito à habitação, o ComparaJá analisou qual o valor máximo de financiamento que um casal poderá solicitar.
João Moniz | jmoniz@destak.pt

Tendo em conta o salário e o preço por m2 médios, uma família portuguesa precisa de 25 anos de trabalho para comprar casa (120 m2) sem pressionar a sua taxa de esforço e evitar o sobreendividamento. Mas este número varia de distrito para distrito.

Mas não é só o fator localização que faz variar o sacrifício financeiro das famílias: a correta escolha do crédito à habitação evita pagar vários milhares de euros a mais no final do empréstimo. Partindo da melhor proposta apresentada pelos vários bancos aos utilizadores da plataforma do ComparaJá (Taxa Anual Efetiva Revista - TAER de 1,034%) e comparando-a com a mais cara (TAER de 5,155%), a empresa fez uma simulação exclusiva para o Destak dos possíveis ganhos em seis dos maiores municípios portugueses: Lisboa, Sintra, Amadora, Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos.

A título de exemplo, um casal da Amadora ou de Vila Nova de Gaia, tendo em conta os valores médios de um apartamento em cada um desses concelhos, podem precisar de aproximadamente 18 anos de trabalho para pagar o crédito (com a oferta mais baixa) ou 38 (na mais cara) – ver simulações no fim do texto.

Outra das conclusões é que, embora os salários médios sejam mais baixos no Porto face a Lisboa, «atendendo a que existem menos disparidades entre o preço das casas face aos salários, as famílias portuenses cumprem mais facilmente o objetivo de ter casa». Isto porque conseguem suportar uma TAER limite de 3,948%, quando em Lisboa é de 1,899%. Isto faz com que, comprar casa na capital «praticamente só seja acessível a casais que, em conjunto, ganhem mais do que cinco salários mínimos».

Dito de outra forma, no melhor dos cenários, uma família em Lisboa vai precisar de 39,3 anos de trabalho para pagar a sua habitação, enquanto no Porto serão precisos 24,7 e em Matosinhos 21,6. Em Sintra (18,8), Amadora (18,4) e Gaia (18,2) nem são precisas duas décadas.

“Uma das grandes conclusões a retirar desta análise é a de que, conforme dedicam muito tempo a procurar as localizações com o preço por m2 mais competitivas, os portugueses também têm de ter o mesmo cuidado na hora de escolher o banco em que vão solicitar o empréstimo”, adverte o diretor geral da plataforma de comparação.

Se não residir num dos seis concelhos listados abaixo, pode fazer a simulação para o seu município em https://www.comparaja.pt/credito-habitacao/estudo-taxa-esforco

LISBOA

Salário Mensal Líquido: 1099€

Prestação máxima do Crédito: 726€

Preço m2: 3123€

Valor do imóvel (120m2): 374 736€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 281 052€

TAER de 1,034%: 39,3 anos de trabalho e 342 127€ de Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC)

TAER limite de 1,899%: 50 anos anos de trabalho e 435 611€ de MTIC

SINTRA

Salário Mensal Líquido: 895€

Prestação máxima do Crédito: 591€

Preço m2: 1261€

Valor do imóvel (120m2): 151 304€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 121 044€

TAER de 1,034%: 18,8 anos de trabalho e 133 233€ de MTIC

TAER de 3,055%: 24,2 anos anos de trabalho e 171 296€ de MTIC

TAER de 5,155%: 41,2 anos anos de trabalho e 292 183€ de MTIC

AMADORA

Salário Mensal Líquido: 931€

Prestação máxima do Crédito: 615€

Preço m2: 1288€

Valor do imóvel (120m2): 154 579€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 123 663€

TAER de 1,034%: 18,4 anos de trabalho e 135 869€ de MTIC

TAER de 3,055%: 23,5 anos anos de trabalho e 173 549€ de MTIC

TAER de 5,155%: 38,8 anos anos de trabalho e 286 486€ de MTIC

PORTO

Salário Mensal Líquido: 958€

Prestação máxima do Crédito: 632€

Preço m2: 1723€

Valor do imóvel (120m2): 206 720€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 165 377€

TAER de 1,034%: 24,7 anos de trabalho e 187 474€ de Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC)

TAER de 3,055%: 35,9 anos anos de trabalho e 272 632€ de MTIC

TAER limite de 3,948%: 50 anos anos de trabalho e 379 250€ de MTIC

VILA NOVA DE GAIA

Salário Mensal Líquido: 811€

Prestação máxima do Crédito: 535€

Preço m2: 1112€

Valor do imóvel (120m2): 133 425€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 106 740€

TAER de 1,034%: 18,2 anos de trabalho e 117 168€ de MTIC

TAER de 3,055%: 23,2 anos anos de trabalho e 149 175€ de MTIC

TAER de 5,155%: 37,8 anos anos de trabalho e 242 530€ de MTIC

MATOSINHOS

Salário Mensal Líquido: 862€

Prestação máxima do Crédito: 569€

Preço m2: 1374€

Valor do imóvel (120m2): 164 909€

Valor do Crédito (financiamento 80%): 131 927€

TAER de 1,034%: 21,6 anos de trabalho e 147 240€ de MTIC

TAER de 3,055%: 29,2 anos anos de trabalho e 199 690€ de MTIC

TAER limite de 4,672%: 50 anos anos de trabalho e 379 330€ de MTIC

Foto: DR
Bom crédito à habitação poupa anos de trabalho | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE