Actualidade

Antigo chefe do regulador chinês para o ciberespaço investigado por corrupção

22 | 11 | 2017   04.54H

O antigo chefe do regulador chinês para a Internet está sob investigação, informou hoje o órgão máximo anticorrupção do Partido Comunista da China (PCC), no âmbito de uma campanha que atingiu já dezenas de responsáveis do regime.

Em comunicado, a Comissão de Inspeção e Disciplina do PCC informou que Lu Wei é suspeito de "graves violações da disciplina", utilizando a terminologia que descreve habitualmente os casos de corrupção. Até ao anúncio de hoje, Lu era vice-diretor do departamento de propaganda do PCC.

Lu Wei é conhecido como um político conservador, responsável por liderar os esforços do governo no reforço do controlo do ciberespaço chinês e defensor da posição do PCC de que os governos têm o direito de filtrar e censurar a Internet do país.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE