OE2018

PAN ilustra com garrafas que leite achocolatado tem mais açucar que refrigerantes

24 | 11 | 2017   13.20H

O deputado do PAN, André Silva, defendeu hoje no parlamento que o leite achocolatado deve passar a ser tributado como as bebidas açucaradas por ter um teor de açúcar superior ao de alguns refrigerantes.

Na discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2018 (OE2018), o deputado do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) ilustrou com garrafas de dois dos refrigerantes mais consumidos - 'ice tea' e Coca-Cola - para demonstrar que estas bebidas, tributadas em sede de impostos especiais de consumo, são menos açucaradas do que os leites achocolatados, que não são tributadas.

Isto porque, explicou André Silva, um litro de 'ice tea' tem 45 gramas de açúcar, um litro de coca-cola tem 106 gramas de açúcar e a mesma medida de leite achocolatado tem 120 gramas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Já nem sabem o que hão-de inventar para aplicar mais impostos e taxas! Aprovem e apliquem a Lei do Peido e da Bufa, e cada cidadão coloca no ânus um contador de peidos e de bufas e paga uma taxa, mas atenção, não podem largar uma surreada que dispara o contador. Para comple-aumentar o rendimento do imposto, alargar a instalação de contadores de peidos e de bufas a todos os seres que têm ânus: cavalos, ovelhas, vacas, porcos, galinhas, gatos, cães, piriquitos e pintassilgos, lagartixas, etc. Faziam um dinheirão. Agora aplicar taxas nas bebidas açucaradas? Querem ver que se esqueceram de aplicar a taxa no pacote do açúcar!?
    Anónimo | 24.11.2017 | 19.51Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE