Coreia do Norte

Pyongyang celebra com fogo de artifício o lançamento do seu último míssil

02 | 12 | 2017   04.23H

O regime norte-coreano celebrou com fogo de artifício o lançamento do seu último míssil balístico intercontinental (ICBM) na semana passada, informaram hoje os meios de comunicação estatais.

Milhares de cidadãos juntaram-se na sexta-feira na praça Kim Il-sung e junto ao rio Taedong para assistir ao ato de celebração pelo lançamento que, segundo o regime, revelou a "força nuclear estatal", indicou a agência KCNA.

Durante os discursos na cerimónia, foi elogiado o facto de este novo míssil, o Hwasong-15, ter reforçado a posição estratégica do país.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O livro do Apocalipse adverte: "E saiu outro cavalo, um cavalo vermelho; e ao que estava montado nele foi dado que tirasse a paz da terra, de modo que os homens se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada." (Apocalipse 6:4-6) Jesus adverte: "E haverá também coisas atemorizantes, e poderosos fenômenos incomuns do céu." (Lucas 21:11) "Uma grande espada", "aterrorizantes e poderosos fenômenos incomuns do céu". O que significa tudo isso? Infelizmente, uma guerra nuclear global é inevitável, como a morte, mas agora não. Quando isso acontecerá? A Bíblia diz: "E [o rei do norte = Rússia desde a segunda metade do século XIX. (Daniel 11:27)] tornará para a sua terra com muitos bens [1945], e o seu coração será contra a santa aliança [a hostilidade em relação aos cristãos. A União Soviética introduziu o ateísmo estatal]; e vai agir [isso significa alta atividade no cenário internacional], e voltará para a sua terra [1991-1993. A dissolução da União Soviética e o Pacto de Varsóvia. As tropas russas retornaram a sua terra]. No tempo designado voltará [isso significa também a desintegração da União Europeia e da NATO. Muitos países do antigo bloco de Leste voltará à esfera de influência russa]. E entrará no sul [provavelmente a Geórgia]; mas não serão como antes [Geórgia - 2008] ou como mais tarde [Ucrânia]." (Daniel 11:28, 29) Mas a terceira vez será a intervenção dos EUA. (Daniel 11:30a) Moisés escreveu: "E os navios desde o lado de Quitim [a Marinha dos EUA], e hão de afligir a Assur [Rússia], e hão de afligir Éber [restantes adversários, incluindo o Irã e a China]." (Números 24:24a) Essa não vai ser o Armagedom. Isto será "o princípio das dores de parto". (Mateus 24:7, 8)
    Jewiak | 02.12.2017 | 18.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE