Incêndios

Retardante pode ser "ferramenta estratégica" no Alto Minho - Bombeiros

14 | 12 | 2017   22.21H

(CORREÇÃO NO 11.º PARÁGRAFO) Valença, Viana do Castelo, 15 dez (Lusa) - O presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Viana do Castelo, Brandão Coelho, defendeu hoje que a utilização de produto retardante pode ser uma "ferramenta estratégica" no combate aos incêndios florestais.

"O produto retardante pode constituir uma ferramenta estratégica e para situações críticas, no interface rural urbano ou em fogos descontrolados em condições climatéricas muito adversas", sustentou o presidente daquela estrutura que agrega as 12 corporações de bombeiros do Alto Minho.

Brandão Coelho explicou que "face às características do território, com muitas casas isoladas e rodeadas por manchas de vegetação, os retardantes [de fogos florestais] podem ser, se usados com critério, uma importante ajuda para reduzir a intensidade do fogo e controlar a forma como ele progride no terreno".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE