Turismo de natureza

Percursos pedestres e cicláveis

04 | 01 | 2018   23.07H
Melgaço investe meio milhão de euros em rede com 150 km de trilhos para usufruto da natureza.
João Moniz | jmoniz@destak.pt

Porque os sete percursos pedestres de pequena rota sinalizados já existentes não estão devidamente interligados e estruturados, o concelho de Melgaço resolveu ir mais longe e implementar uma verdadeira rede municipal de trilhos pedestres e cicláveis.

São 12 percursos que passam a estar ligados entre si, ao longo de 150 quilómetros, e que funcionarão como «uma rede viária pedonal/ciclável que ligará toda a paisagem natural e humanizada do concelho», esclarece a autarquia ao Destak.

Intitulado Walking&Cycling Melgaço, este projecto deverá integrar a zona ribeirinha, junto ao rio Minho, a pré-montanha ou meia encosta e as zonas mais altas de montanha, «bem no coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG)».

Estão ainda previstas ligações à vizinha Galiza, nas zonas ribeirinhas e de alta montanha, promovendo «uma oferta transnacional» que permita intercâmbios nos fluxos de turistas. O mesmo motivo que levará à articulação da nova rede com a Grande Rota do PNPG e com a rede de percursos supramunicipal da ADERE-Peneda-Gerês.

Com este investimento de 500 mil euros, Melgaço pretende acompanhar o número crescente de interessados na prática de andar a pé em trilhos sinalizados.

Foto: DR
Percursos pedestres e cicláveis | © DR

1 comentário

  • Otima iniciativa parabens pela ideia oconcelho tem grande potencial para desenvolvimento em termos de tursmo de natureza
    Antonio Esteves | 05.01.2018 | 09.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE