Homenagem

Vida de Mário Soares vai motivar exposição

07 | 01 | 2018   22.57H
Na inauguração de uma mostra no Cemitério dos Prazeres, presidente da Câmara de Lisboa assumiu «total empenho» no legado do ex-Presidente da República.

As principais figuras do Estado estiveram ontem no tributo a Mário Soares, um ano após a sua morte. A cerimónia decorreu no Cemitério dos Prazeres, cuja galeria de exposições temporárias da capela vai ter patente, até 10 de junho, a mostra A Cerimónia do Adeus - O Funeral de Estado de Mário Soares Visto pelos Fotógrafos”. Trata-se de 49 fotografias de fotojornalistas portugueses que acompanharam as cerimónias fúnebres do ex-chefe de Estado.

O primeiro a falar foi Fernando Medina, que assumiu «o compromisso firme da Câmara de Lisboa no total empenho para promover, divulgar o legado de Mário Soares». «Comecemos, talvez, por uma grande exposição sobre a vida de Mário Soares, estando certos de que este será em si mesmo um ato cívico e cultural, refletindo a vitalidade, a grandeza e o amor pela liberdade» que ele sempre demonstrou.

O Presidente da República defendeu que Mário Soares invoca Portugal a não trocar «o sonho pelo acomodamento» e a lutar por «mais liberdade, mais igualdade, mais democracia e mais Europa dos europeus». Já o primeiro-ministro e secretário-geral do PS considerou que a mais justa homenagem é «continuar o seu combate por um Portugal melhor» e que «esse desígnio é cumprido diariamente honrando as suas lutas».

Também o presidente da Assembleia da República destacou que evocar Mário Soares é «valorizar as suas causas de sempre», enquanto João Soares deixou claro que o pai «mereceu o lugar que tem na história» de Portugal, devido à «coragem, visão, cultura, serenidade, o seu amor a Portugal e aos portugueses».

Foto: © Mariline Alves
Vida de Mário Soares vai motivar exposição | © © Mariline Alves

6 comentários

  • E como é regra se é do mesmo partido tem que se ver doutra forma e neste caso mesmo que haja criticas a fazer não se podem fazer. Coroa de louros medalhas etc
    Foi tudo uma maravilha | 12.01.2018 | 11.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Para quem se governou há tudo. Para quem governou não há nada. Muito mal vai este País.
    Alvaro | 10.01.2018 | 20.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ...e campa do Exmº Sr. Professor Doutor António de Oliveira Salazar, continua ao abandono.....
    ROSTROF | 10.01.2018 | 19.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ah Ah Ah a vida de Mário Soares vai motivar exposição? Não esqueçam da parte do espezinhar a bandeira... Ah Ah Ah
    Anónimo | 08.01.2018 | 20.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Período Soares ; independência dos territórios ultramarinos. Uma derrota e não uma vitória. Haveres do portugueses não acautelados. Duas bancas rotas e um subsídio de férias na gaveta.Os políticos não fazem outra coisa senão protagonizarem-se uns aos outros ou odiarem-se com fazia o martelo quando se desentendeu com o psd.
    Que história ? | 08.01.2018 | 12.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Homenagem a quem pos Portugal na Bamca Rota e familiares e amigos Multimilionarios assim vai a democracia em Portugal enfim nos portugueses somos como as ovelhas para onde nos tocam nos vamos contentes e felizes
    lopes | 08.01.2018 | 10.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE