Inovação

Criar os próprios adereços de jogo

22 | 01 | 2018   22.50H
O Nintendo Labo implica que os utilizadores construam os adereços, usando cartão canelado, onde depois são inseridos os comandos e a consola Switch.

Promete ser mais um passo em frente na cada vez mais essencial interatividade no mundo dos videojogos. Com o Nintendo Labo, a conhecida marca propõe não só jogar como criar a própria experiência de diversão, o que promete agradar sobremaneira ao público mais jovem.

O objetivo é transformar folhas de cartão modulares, concebidas especialmente para interação com a consola Nintendo Switch, em criações denominadas Toy-Con, que basicamente são adereços onde depois são inseridos os comandos e a própria consola. Por exemplo, é possível construir uma mota, em que a consola serve como corpo do veículo e são construídos os Toy-Con para servirem como guiadores.

Outra possibilidade é criar um piano de 13 teclas que dará vida às composições musicais de cada utilizador. Ao tocar, a câmara de infravermelhos presente no Joy-Con direito deteta as teclas premidas e reproduz cada nota através dos altifalantes incorporados na consola. Ao Destak, a Nintendo explica que «cada Toy-Con apresenta emocionantes desafios e diferentes graus de complexidade, o que garantirá aos utilizadores uma experiência sempre única».

Após a fase da construção, é possível personalizar os Toy-Con com fita adesiva colorida, autocolantes e ‘stencils’, que são vendidos à parte.

O Nintendo Labo chega ao mercado português a 27 de abril, com dois kits disponíveis: o Robô (permite construir um fato robotizado) e o Sortido, que permite criar um carro telecomandado, uma cana de pesca, uma casa, uma mota e um piano.

Foto: DR
Criar os próprios adereços de jogo | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE