Actualidade

Primeiro-ministro israelita aprova colunato ilegal na Cisjordânia

04 | 02 | 2018   13.14H

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, anunciou hoje a aprovação retroativa de um colonato selvagem na Cisjordânia ocupada, em resposta à morte, no mês passado, de um rabino israelita que aí residia.

"O Governo agora regulará o 'status' de [a colónia] Havat Gilad para permitir a continuação de uma vida normal", disse Netanyahu, na abertura do Conselho de Ministros.

A moção na agenda da reunião prevê a designação da colónia, fundada em 2002, como uma "nova comunidade" com as licenças de construção necessárias e um orçamento público, de acordo com o programa oficial.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE