Actualidade

UNICEF declara janeiro "mês sangrento" ao registar 83 crianças mortas em conflitos e ataques

05 | 02 | 2018   16.22H

Pelo menos 83 crianças, a grande maioria sírias, morreram durante o "mês sangrento" de janeiro em conflitos e ataques registados em países do Médio Oriente e do norte de África, divulgou hoje a UNICEF.

"A intensificação da violência no Iraque, Líbia, Síria, no Estado da Palestina e no Iémen" teve consequências "devastadoras" para a vida das crianças, disse o diretor regional da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para o Médio Oriente e do norte de África, Geert Cappelaere, citado num comunicado.

"Só no mês de janeiro, pelo menos 83 crianças foram mortas (...) em conflitos em curso, em ataques suicidas ou morreram de frio ao fugir de zonas de guerra", sublinhou o representante.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE