Síria

MNE libanês condena ataques israelitas e defende direito sírio à autodefesa

10 | 02 | 2018   16.11H

O ministro libanês dos Negócios Estrangeiros, Gebrán Basil, condenou hoje os "ataques aéreos israelitas contra a República Árabe Síria" e afirmou que o regime de Damasco tem direito a atuar em legítima defesa, segundo um comunicado citado pela EFE.

"A política hostil levada a cabo por Israel ameaça a estabilidade regional", acrescentou Basil, que pediu à comunidade internacional que trave as agressões israelitas, refere a EFE.

Os media libaneses noticiaram hoje que restos de mísseis antiaéreos caíram no sul do Líbano e, segundo a agência estatal libanesa ANN, os aviões israelitas sobrevoaram território libanês em várias ocasiões.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE