Actualidade

Cravista alemão Andreas Staier destaca Carlos Seixas como pioneiro da música concertante

11 | 02 | 2018   09.27H

O cravista alemão Andreas Staier, que gravou um disco com obras de Carlos Seixas (1704-1748), com a Orquestra Barroca Casa da Música, admite a possibilidade de o compositor português ter escrito "o primeiro concerto para cravo".

Em entrevista à agência Lusa, Staier considerou que os dois Concertos para cravo do compositor português, um dos grandes nomes da música no século XVIII, estão entre "as primeiras obras" do género, e podem mesmo anteceder os concertos para cravo de Johann Sebastian Bach, escritos em Leipzig, por volta de 1730, anos depois dos concertos para violino, concluídos cerca de 1720, quando o mestre alemão se encontrava ao serviço da corte de Köthen.

Carlos Seixas, garante Andreas Staier, "é um grande compositor". "Pertence a um grupo de compositores de quem se perderam muitos trabalhos, por causa do terramoto [de Lisboa de 1755]. Quem sabe quantos concertos e sonatas escreveu? Muito do que Scarlatti fez e não levou para Madrid também terá sido perdido. Não sabemos se é muito, se é pouco", explicou à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE