Actualidade

Pelo menos 38 'jihadistas' mortos e 526 detidos em operação antiterrorista no Egipto

13 | 02 | 2018   18.44H

Pelo menos 38 'jihadistas' morreram no norte e no centro do Sinai egípcio e 526 foram detidos em quatro dias de uma vasta operação antiterrorista, de acordo com um comunicado do exército hoje divulgado.

O exército lançou na sexta-feira passada uma campanha para "limpar"o Sinai (nordeste), o Delta do Nilo e a fronteira ocidental do deserto da Líbia.

Depois da destituição do Presidente islâmico Mohamed Morsi do exército, em 2013, as forças de segurança têm lutado contra grupos extremistas, incluindo a organização do Estado Islâmico (EI), que fez centenas de mortos entre soldados, polícias e civis na zona.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE