Actualidade

Primeiro-ministro israelita rejeita acusações de corrupção feitas pela polícia

13 | 02 | 2018   21.01H

A polícia israelita recomendou hoje à justiça que acuse de corrupção e fraude o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, que por seu turno confirmou a indicação policial numa declaração à televisão pública, mas declarou-se inocente.

A polícia divulgou um comunicado sustentando que "existem provas suficientes contra o primeiro-ministro para acusá-lo de receber subornos, fraude e abuso de confiança".

A recomendação, que surge ao fim de dois anos de inquérito, precisa de uma decisão oficial para avançar com o processo, ficando agora nas mãos do procurador-geral Avishaï Mandelblit, e pode demorar várias semanas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE