Actualidade

Médicos contra licenciatura em medicina chinesa ameaçam com "formas inéditas" de protesto

14 | 02 | 2018   05.31H

A Ordem dos Médicos acusa o Governo de ameaçar a saúde dos portugueses validando cientificamente práticas tradicionais chinesas através de uma licenciatura e admite avançar para "formas inéditas" de mostrar o descontentamento dos médicos.

Em causa está uma portaria conjunta dos ministérios da Saúde e da Ciência e Ensino Superior de validação da criação de ciclos de estudo que conferem o grau de licenciado em medicina tradicional chinesa.

Para o bastonário Miguel Guimarães, a criação de um ciclo de estudos com formação de quatro anos "em práticas que não têm base científica constitui um perigo para a saúde e para as finanças dos portugueses".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • As mentalidades inteligentes avançam no sentido da integração de todas as medicinas utilizadas há milhões de anos pelos povos e não pelo olhar prepotente de filhos únicos da razão e do interesse que daí advém, pelo facto da medicina ocidental ser muito mais curativa do que preventiva, além de seccionada em especialidades, facto que a MTC não tem - ela olha para os seus utilizadores como UM TODO. E iiso não interessa aos médicos, nem as farmacêuticas nem aos laboratórios - obviamente. Vamos lá a ser racionais e inteligentes - e aprender o melhor dos 2 mundos e não excluir. Haja inteligência e não menosprezo!
    MADALENA CRESPO | 14.02.2018 | 13.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE