Actualidade

Lezíria com 24,6 milhões de fundos aprovados para eficiência no uso de recursos

14 | 02 | 2018   19.07H

Os municípios da Lezíria do Tejo têm, até ao momento, aprovados 24,6 milhões de euros de Fundo de Coesão para 36 projetos em nove áreas de intervenção do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Segundo a informação disponibilizada pelo POSEUR, atualizada à data de hoje, os 11 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) viram aprovados, desde 2016, projetos de investimento para produção de energia renovável, eficiência energética, mobilidade urbana, adaptação às alterações climáticas, prevenção e gestão de riscos, resíduos, ciclo urbano da água e proteção da biodiversidade e dos ecossistemas.

O projeto com maior volume de financiamento (cinco milhões de euros) é a central de biomassa para produção de energia, na Chamusca, que prevê a criação de 11 postos de trabalho diretos e cerca de 30 indiretos, com impacto na redução dos gases com efeito de estufa (menos 7.755 toneladas de CO2/ano), na deposição de biomassa em aterro (35.000 toneladas) e a transformação de 1.725 toneladas de cinzas para enriquecimento dos solos florestais.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE