Síria

Mais de 500 civis mortos em bombardeamentos nos últimos sete dias

24 | 02 | 2018   14.48H

Mais de 500 civis, incluindo uma centena de crianças, morreram nos bombardeamentos do regime sírio no leste de Ghouta, nos últimos sete dias, uma carnificina que a comunidade internacional ainda não conseguiu parar.

"Em sete dias, 505 civis foram mortos, incluindo 123 crianças, e há mais de 2.400 feridos", disse o diretor do Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSHR), Rami Abdel Rahmane, após a descoberta de outros corpos nos escombros.

A votação no Conselho de Segurança da ONU sobre uma trégua humanitária de um mês na Síria, programada para sexta-feira, foi adiada para hoje, após sucessivos adiamentos que ilustram as divisões profundas nas Nações Unidas sobre o conflito que devasta a Síria há quase sete anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE