Actualidade

Estado Islâmico reivindica atentado contra xiitas em Cabul

09 | 03 | 2018   11.01H

O grupo terrorista Estado islâmico (EI) assumiu hoje a responsabilidade pelo ataque suicida contra a minoria xiita Hazara realizada a oeste de Cabul (Afeganistão), que matou pelo menos 10 pessoas, incluindo o atacante, e feriu 18 outras.

O EI divulgou um comunicado através da rede social Telegram, que não conseguiu verificar a autenticidade do documento, em que assegura que "o irmão mártir Uzman al Jarasani foi com o seu colete-explosivo junto a um grupo de infiéis (xiitas) perto de Huseiniya".

O ataque teve lugar hoje pouco depois das 11:00 (06:30 de Lisboa), nas proximidades de uma esplanada onde membros da comunidade de Hazara comemoraram o aniversário da morte do seu líder, Abdul Ali Mazari.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE