Actualidade

Primeiro-ministro quer descentralização com bom senso e consenso

10 | 03 | 2018   12.17H

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje que a descentralização deve ser feita com "bom senso e com consenso", porque transcende o mandato de uma legislatura, têm consequências na organização do Estado e deve requerer um amplo consenso.

O chefe do Governo abriu hoje, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, o debate subordinado ao tema "Descentralização - entre o bom senso e o consenso".

"E aquilo que nós desejamos é que a descentralização seja feita com bom senso e em consenso, porque é uma reforma que transcende necessariamente o mandato de uma legislatura, tem consequências profundas na organização do Estado e deve requerer o consenso tão amplo quanto possível, não só na esfera partidária como no conjunto da sociedade", salientou o primeiro-ministro, no seu discurso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O CDS agora tem uma boa oportunidade de processeguir com propostas como as do fecho no interior dos tribunais.
    Alvaro | 10.03.2018 | 20.13Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE